Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mas para que raio quero eu um blog?

Um blog sem pernas para andar, com uma dona sem vontade de escrever.

Um blog sem pernas para andar, com uma dona sem vontade de escrever.

Mas para que raio quero eu um blog?

02
Mai24

Onde pára a polícia

Carla

Se isto fosse uma pergunta responderia que parou toda à porta do meu prédio.

Com uma insistência enervante sou acordada pelo som da campainha, olho pelas frestas do estore e vejo que ainda é de noite, viro-me para o lado e ignoro. Breves minutos após toca de novo, olho para o telemóvel, meia noite e cinquenta, pensei no vizinho do 2° esquerdo, que tem a mania de me tocar à campainha quando chega de madrugada, bêbado, e não encontra a chave. Chamei-lhe todos os nomes e mais alguns, enterrei a cabeça na almofada, puxei o edredon para cima, decidida a fechar os olhos e voltar a adormecer.  Mas nisto ouvi alguém, com uma violência brutal, tentar abrir a porta da entrada e ouço um movimento fora do normal para aquela hora da noite nas escadas, levanto-me para cuscar através do olho da porta do apartamento, e vejo esse vizinho do 2° de roupão a descer as escadas, acompanhado com o do 3° andar de boxers e o do 4° andar de pijama. Raios! Que se passa no 22?  Abro a porta e pergunto-lhes,  respondem-me que não sabem, mas as campainhas não param de tocar. Descemos juntos até à entrada, não fosse algum toxicodependente estar a fazer todo aquele basqueiro e a tentar arrombar a porta.

No momento em que chegámos à entrada, alguém abriu a porta do prédio e eles entraram de ropante de lanternas acesas, uns desceram até às caves outros subiram até ao 5° andar, outros ficaram parados na entrada, outros tantos vigiavam a rua no inicio e no fim e seis carros de policia com as luzes ligadas estacionados em frente do prédio ... e nós os 4 ali parados de boca aberta, sem fazer a mais pálida ideia do que estava a acontecer e o porquê de todo aquele aparato policial. Até que um se dirigiu a nós e nos mandou regressar aos apartamentos, mas antes explicou-nos que o alarme do restaurante foi acionado e eles receberam uma chamada da empresa de segurança para se dirigirem ao local e ver o que se passava.

A ver pela quantidade de agentes, creio que a noite estava calma e eles entediados desejosos de um pouco de ação. 

Voltar a pregar olho é que foi uma merda!

Foi este o assunto do dia hoje no 22.

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub