Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mas para que raio quero eu um blog?

Um blog sem pernas para andar, com uma dona sem vontade de escrever.

Um blog sem pernas para andar, com uma dona sem vontade de escrever.

Mas para que raio quero eu um blog?

30
Out23

A minha memória vai até um lugar...

Carla

 

Quando éramos miúdos sabiamos bem que o jantar hoje seria bacalhau à brás e no fim bolo de chocolate coberto de calda de chocolate. Esperariamos pelo pai até às 20h para começar a jantar. A mãe sentar-se-ia ao teu lado, o pai à cabeça da mesa, eu e a Sandra à tua frente e da mãe. Depois era certo que iriamos aldrabar a letra dos parabéns a você, para que o bolo fosse partido mais rápido, a mãe iria ralhar, o pai rir e olhar de lado.

Quarenta e sete... talvez hoje bebessemos um copo e guardassemos as comemorações para o fim-de-semana.

 Quis a vida, ou o livre arbítrio, que estivesses naquele local aquela hora, talvez 21 anos tenha sido pouco tempo, mas...

Quem vive? Vive aquele que decide viver, não o que nasce. Vive quem é livre não o que é comandado. Vive quem se embebeda com a vida e do sorriso dos outros. Vive quem  percebe que daqui não leva nada, a não ser os momentos que viveu, o amor que deu e recebeu.

Tu mano, tu viveste pra caraças! 

Acredito que hoje vás apanhar umas ondas, espero que o mar não esteja flat, no sítio onde estás.

FB_IMG_1698655057068.jpg

Feliz aniversário Pê ! Até um dia, num lugar mesmo a teu lado. ❤️

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub